Doe

Projeto apoia organização e articulação da sociedade civil em defesa de direitos e democracia

29/06/2017, às 16:35 | Tempo estimado de leitura: 4 min
Lançamento em São Paulo contou com a participação de representantes de diversas organizações, entre elas o Inesc.

Num momento em que o país passa por uma grave crise institucional, política e econômica, foi lançado em São Paulo o projeto Sociedade Civil Construindo a Resistência Democrática, com o objetivo de apoiar processos de organização e articulação da sociedade civil brasileira em defesa de direitos e da democracia. A iniciativa será executada pela Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), em parceria com o Centro de Assessoria Multiprofessional (Camp), Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Cese) e Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea).

O projeto tem apoio da União Europeia e vai contribuir para a discussão sobre as estratégias da sociedade civil brasileira no contexto de retirada de direitos promovidas pelo governo federal e Congresso Nacional. “O congelamento do orçamento nacional é algo que não dá para entender fora do Brasil”, afirmou Eduardo Tadeu se referindo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 – ou 55 – do teto de gastos que se transformou a Emenda Constitucional 95/2016 após aprovação no Congresso Nacional e sanção do presidente Michel Temer. A emenda prevê o congelamento de investimentos em assistência social, educação e saúde por 20 anos. Ele criticou também a PEC 287, da Reforma da Previdência, e disse que, se aprovada, vai refletir nos municípios. “O corte e a reforma dificultarão a aposentadoria. As pessoas vão atrás das prefeituras”, alertou.

Leia também: O desmonte do sistema de proteção social pelo governo Temer

O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) participou do lançamento do projeto, sendo representado por Iara Pietricovsky, do Colegiado de Gestão. Também estiverem presentes representantes da Associação Paulista de Fundações (APF), da Católicas pelo Direito de Decidir, da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase), da Fundação SOS Mata Altântica, do Fundo Internacional Socioambiental (Ficas), do Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife), do Instituto Fonte, do Instituto Pólis, do Projeto Rede Brasil e da Viração Educomunicação.

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Perfil dos eleitos nas Eleições de 2022
    Pesquisa realizada pelo Inesc, em parceria com o…
    leia mais
  • Equipe do Inesc na COP 27: Iara Pietricovsky, Tatiana Oliveira, Leila Saraiva, Cássio Carvalho e Livi Gerbase.
    COP 27 – Apesar do pouco avanço glob...
    A 27ª edição da Conferência do Clima (COP…
    leia mais
  • COP 27: Brasil precisa fazer uma transição...
    Representantes do legislativo brasileiro, de sindicatos dos trabalhadores…
    leia mais
  • Estudo lançado na COP 27 revela que Brasil...
    O fomento aos combustíveis fósseis no Brasil alcançou…
    leia mais
  • Fossil Fuels Subsidies in Brazil: know, as...
    Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em…
    leia mais