Doe

Obras do Trevo de Triagem Norte ignoram exigências ambientais

24/08/2016, às 12:31 | Tempo estimado de leitura: 3 min
Movimento Nossa Brasília e Rodas da Paz estão entre as organizações da sociedade civil que denunciaram as irregularidades ao Ministério Público.

Mesmo sem respeitar as exigências ambientais, o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) retomou as obras do Trevo de Triagem Norte, que pretende desafogar o trânsito na saída norte do Distrito Federal – para espanto e indignação geral de organizações da sociedade civil que denunciaram as irregularidades ao Ministério Público. O Movimento Nossa Brasília, o Conselho Comunitário da Asa Norte, o Instituto Histórico e Geográfico do DF, o Rodas da Paz, o Coletivo 416n e a Prefeitura da 416 Norte afirmam que há danos graves ao meio ambiente.

Em reunião com representantes do DER-DF, o titular da 1ª Prodema, Roberto Carlos Batista, orientou o órgão a fazer a interlocução com a sociedade civil. Como resultado, o órgão realizou uma reunião para ouvir as reivindicações de grupos de ciclistas e estuda alternativas para a alteração de projeto que beneficie a mobilidade nos diversos meios de transporte e reduza os impactos à comunidade local. Uma das possibilidades é a interligação dos parques da Asa Norte com as novas vias que fazem parte do projeto do Trevo de Triagem Norte. O DER deve apresentar, em até 30 dias, uma proposta formalizada.

De acordo com informações publicadas pelo governo local, serão dez obras no Trevo de Triagem Norte, entre pontes, viadutos e túneis, com intuito de distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixo Rodoviário Norte-Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2.

Saiba mais na reportagem do Metrópoles.

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Foto: José Cruz/Agência Brasil
    Orçamento secreto é controlado por pequeno...
    O orçamento secreto movimentou entre 2020 e outubro…
    leia mais
  • Perfil dos eleitos nas Eleições de 2022
    Pesquisa realizada pelo Inesc, em parceria com o…
    leia mais
  • Equipe do Inesc na COP 27: Iara Pietricovsky, Tatiana Oliveira, Leila Saraiva, Cássio Carvalho e Livi Gerbase.
    COP 27 – Apesar do pouco avanço glob...
    A 27ª edição da Conferência do Clima (COP…
    leia mais
  • COP 27: Brasil precisa fazer uma transição...
    Representantes do legislativo brasileiro, de sindicatos dos trabalhadores…
    leia mais
  • Estudo lançado na COP 27 revela que Brasil...
    O fomento aos combustíveis fósseis no Brasil alcançou…
    leia mais