Doe

Livro Mulheres amazônidas: ecofeminismo, mineração e economias populares

18/12/2020, às 17:03 (atualizado em 26/07/2021, às 15:17) | Tempo estimado de leitura: 1 min
A publicação traz quatro artigos que abordam o impacto da mineração no cotidiano das mulheres

Após promover um circuito de lives com mulheres do sudeste paraense, o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) lança o livro “Mulheres amazônidas: ecofeminismo, mineração e economias populares”.

A publicação traz quatro artigos que abordam o impacto da mineração, destacando aspectos que vão para além dos seus efeitos mensuráveis, captando as questões psicológicas e subjetivas do cotidiano das mulheres. O livro conta com ilustrações de Beatriz Belo, artista de Macapá que buscou captar a relação entre corpo e território, central na vida comunitária das mulheres desta região.

Downloads

Mulheres amazônidas: ecofeminismo, mineração e economias populares

Download

Categoria: Publicação
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • “Funai se transformou em Fundação Anti-ind...
    Sob o governo Bolsonaro, a Fundação Nacional do…
    leia mais
  • Fundação Anti-indígena: um retrato da Funa...
    Este documento, produzido pelo Inesc e pela associação…
    leia mais
  • Vídeo: Caatinga, hierarquias e pandemias
    “Nós, para vivermos de forma integrada, para termos…
    leia mais
  • Livro Mulheres amazônidas: ecofeminismo, m...
    Após promover um circuito de lives com mulheres…
    leia mais
  • Mulheres amazônidas: ecofeminismo, mineraç...
    Após promover um circuito de lives com mulheres…
    leia mais