Doe

Infraestruturas logísticas, agronegócio e clima

31/03/2021, às 10:38 (atualizado em 23/04/2021, às 15:29) | Tempo estimado de leitura: 1 min
Analisa a retomada do projeto de ocupação e desenvolvimento da Amazônia brasileira, tendo o agronegócio e a infraestrutura logística como dois de seus pilares

O texto relaciona a instalação de um complexo logístico multimodal no distrito de Miritituba, no Pará, aos processos recentes de desmatamento, queimadas e grilagem de terras, em uma das regiões menos antropizadas da Amazônia brasileira. 

Degradação ambiental e dos modos de vida dos povos originários e comunidades tradicionais e camponesas são consequências deste modelo de exploração econômica. Efeito que contribui para a consolidação do Pará como  a unidade subnacional com maior nível de emissões de gases de efeito estufa derivadas das mudanças no uso da terra e da destinação de áreas para a agropecuária no país. 

Downloads

Infraestruturas logísticas, agronegócio e clima

Download

Categoria: Publicação
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • How much does it cost to make a PGTA happen?
    Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em…
    leia mais
  • Valter Campanato/Agência Brasil
    Fundo Nacional do Meio Ambiente: caminhand...
    Ao mesmo tempo em que na COP 26…
    leia mais
  • Fossil fuels subsidies in Brasil (2020): k...
    Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em…
    leia mais
  • Subsídios aos combustíveis fósseis no Bras...
    O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), por meio…
    leia mais
  • Leila Saraiva, assessora política do Inesc durante o International Indigenous Peoples Forum on Climate Change (COP 26)
    Inesc lança metodologia para estimar custo...
    O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) lançou ontem,…
    leia mais