Doe

Inesc Solidário ajudou 230 famílias durante a pandemia em 2020

27/01/2021, às 11:52 (atualizado em 29/01/2021, às 11:47) | Tempo estimado de leitura: 3 min
O programa de emergência foi voltado para jovens integrantes de projetos da Instituição

A pandemia de covid-19 mudou hábitos de saúde e consumo, e maneiras de estudar e trabalhar. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego subiu para 13,3% no segundo trimestre de 2020 e os trabalhadores sem registro representam mais de dois terços dessa porcentagem.

Pensando na intensificação da vulnerabilidade econômica diante da atual crise, o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e a organização alemã Pão para o Mundo (PPM) promoveram o Inesc Solidário, programa de emergência que auxiliou 230 famílias durante quatro meses com bolsas de R$ 300.

“O Inesc estava em um debate amplo sobre a Renda Básica Emergencial, quando percebemos que as famílias dos jovens com os quais trabalhamos estavam passando por dificuldades. Reunimos recursos nossos com os disponibilizados pela PPM e conseguimos beneficiar por alguns meses a totalidade dessas famílias. O Inesc Solidário foi uma maneira de auxiliar concretamente esses jovens”, explica Iara Pietricovsky, diretora do Inesc.

Marcela Coelho, assistente de direção do Inesc, conta que as famílias beneficiadas são de jovens que fazem parte de programas da Instituição, como Juventude nas Cidades, Lacre, Andares e Onda – o último tem mais de 10 anos de atividades e desenvolve ações de direitos humanos, cidadania e orçamento público para jovens do Distrito Federal.

“O auxílio foi muito bem vindo e ajudou em várias coisas da casa. Com ele foi possível comprar gás e fazer no supermercado”, diz Márcia Mesquita Custódia, moradora do Paranoá e integrante do projeto Onda desde 2016. “Gosto muito do Onda. Tenho aprendido muito sobre Direitos Humanos”, completa.

Ao final da iniciativa, foi feito um relatório avaliativo que constatou que a maior parte dos beneficiários do Inesc Solidário é integrada por crianças e adolescentes (53%), meninas (54%) e negros (79%). Baixe o relatório completo ao final deste texto.

Renda Básica

Além do apoio aos jovens que atuam nos projetos da Instituição, o Inesc é uma das cinco organizações que coordenam a campanha A Renda Básica que Queremos –  mobilização inédita que obrigou o governo a pagar um auxílio emergencial aos brasileiros e brasileiras mais vulneráveis e que agora luta por um auxílio permanente que garanta condições de vida dignas para as famílias mais pobres, fortaleça a economia e reduza as desigualdades.

Downloads

Avaliação participativa do projeto Inesc Solidário

Download

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Foto: EBC
    O recrudescimento da pandemia e a polêmica...
    Vários estados brasileiros começaram a se preparar para…
    leia mais
  • Inesc lança campanha “Escola dos son...
    Qual seria sua escola dos sonhos? Movidos por…
    leia mais
  • Foto: Webert da Cruz
    “A arte nos ajuda a elaborar significados...
    Quando você entrou no projeto Corre? Como a…
    leia mais
  • “Acho importante que os jovens participem ...
    Sou Daniel Fernandes, mais conhecido como MC Fernandes.…
    leia mais
  • Foto: EBC
    E a educação pública poderá ir para o ralo...
    Final de 2020, em meio a tantas notícias…
    leia mais