Doe

Incentivos e Subsídios aos Combustíveis Fósseis no Brasil em 2019

11/11/2020, às 8:26 (atualizado em 16/12/2020, às 13:15) | Tempo estimado de leitura: 2 min
Esta é a terceira edição do estudo, e chegou-se pela segunda vez a um aumento do valor de incentivos fornecidos ao setor de combustíveis fósseis comparado com o ano anterior

O estudo “Incentivos e Subsídios aos Combustíveis Fósseis no Brasil em 2019: Conhecer, Avaliar, Reformar”, elaborado pelo Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos), calcula, por meio de metodologia própria, os montantes de incentivos e subsídios à produção e ao consumo de combustíveis fósseis no Brasil.

No Brasil, em 2019, tais incentivos e subsídios alcançaram o expressivo valor de R$ 99,39 bilhões. Isto correspondeu a 1,36% do Produto Interno Bruto (PIB) do País em 2019. No mesmo ano, isto equivaleu a, por exemplo, três anos do Programa Bolsa Família (R$ 33,1 bilhões no orçamento de 2019) e a quase 29 vezes o orçamento total do Ministério do Meio Ambiente (R$ 3,44 bilhões no orçamento de 2019).

Esta é a terceira edição do estudo, e chegou-se pela segunda vez a um aumento do valor de incentivos fornecidos ao setor comparado com o ano anterior.

Downloads

Incentivos e Subsídios aos Combustíveis Fósseis no Brasil em 2019

Download

Resumo - Incentivos e Subsídios aos Combustíveis Fósseis no Brasil em 2019

Download

Categoria: Publicação
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • O estouro da boiada: PLs da Grilagem
    Os PLs 510 (Senado) e 2633 (Câmara dos…
    leia mais
  • Investments of International Financial Ins...
    Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em…
    leia mais
  • Investments of International Financial Ins...
    Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em…
    leia mais
  • Investimentos de Instituições Financeiras ...
    O estudo  "Investimentos de Instituições Financeiras Internacionais no…
    leia mais
  • Investimentos das Instituições Financeiras...
    Desde o início desta pandemia, diversas Instituições Financeiras…
    leia mais