Doe

Gasto social e política macroeconômica – trajetória e tensões no período de 1995 a 2005

22/02/2008, às 16:30 | Tempo estimado de leitura: 2 min
O Inesc reproduz estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA sobre gastos sociais no período de 1995 a 2005. "Ampliar o conhecimento a respeito de como os governos constroem e implementam suas políticas públicas, que opções são escolhidas e quais caminhos são trilhados no processo, principalmente em termos de quais as suas conseqüências imediatas e de qual o legado para o futuro, é sem dúvida uma agenda central para a pesquisa, para a gestão pública e para o controle social.

Este trabalho analisa a trajetória do Gasto Social Federal (GSF) de acordo com a metodologia de áreas de atuação, desenvolvida na Diretoria de Estudos Sociais (Disoc) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Atualiza-se a série iniciada em 1995 até o ano de 2005, completando assim um período de 11 anos. Constata-se o crescimento do Gasto Social Federal, liderado pelas áreas de previdência e assistência social, tanto em seus valores reais, quanto em proporção do Produto Interno Bruto (PIB). Todavia, discute-se que tal crescimento permitiu uma expansão na proteção social proporcionada pelas políticas públicas – que não deve ser subestimada.

A trajetória do GSF revela-se também bastante irregular e instável no período, e um segundo objetivo deste texto consiste em relacionar essa instabilidade à condução da política macroeconômica. Observa-se que as mudanças ocorridas na gestão da política econômica – que delimitam claramente os três mandatos presidenciais deste período – condicionam fortemente a trajetória do GSF. Para tal, contextualiza-se esse gasto diante da trajetória da despesa financeira do governo federal e ao desempenho da carga tributária.

 

Gasto Social e Política Macroeconômica

Categoria: Artigo
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Websérie realizada pelo Inesc ganha prêmio...
    A websérie “Tapajós: uma breve história da transformação…
    leia mais
  • O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Fonte: Agência Brasil.
    Dando nome aos bois
    O Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos) monitorou e…
    leia mais
  • Dando nome aos bois
    Esta publicação é composta por um artigo e…
    leia mais
  • Votação da Lei do Licenciamento Ambiental. Fonte: TV Câmara
    A tragédia do fim do licenciamento
    Com um implacável acordão entre governo, ruralistas, setores…
    leia mais
  • Interface do 1º Festival Juventudes nas Cidades, na plataforma Ekóa
    1º Festival Juventudes nas Cidades recebe ...
    Ayoola, Micael Amorim, Negra Eve, Papi Guajá Onijá,…
    leia mais