Doe

Consulta pública define prioridades de Plano de Ação para tornar governo mais transparente

11/01/2016, às 16:30 | Tempo estimado de leitura: 2 min
A consulta que vai até o dia 11 de fevereiro.

Está em construção o 3º Plano de Ação da Parceria para Governo Aberto (OGP) no Brasil, com consulta pública aberta até o dia 11 de fevereiro para definir os temas prioritários do documento que indica o que deve ser feito para tornar o governo mais transparente, participativo e responsivo à sociedade. A conclusão do plano, que terá duração de dois anos, está prevista para julho de 2016.

A metodologia do Plano de Ação da Parceria para Governo Aberto prevê a instituição de cinco temas que devem ser debatidos em oficinas especializadas, compostas por representantes do governo e da sociedade civil. Dessas oficinas saem os compromissos concretos do país para se tornar mais transparente.

Saiba como participar.

OGP lança programa piloto para governos subnacionais

A Parceria para Governo Aberto (OGP) está lançando um novo programa piloto para envolver de forma proativa governos subnacionais na iniciativa. O objetivo é buscar a participação de governos subnacionais com comprometimento político, assim como parceiros da sociedade civil engajados no tema para avançar nas reformas de governo aberto.

Veja os objetivos principais do programa.

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Sexo em troca de comida, violência contra ...
    [caption id="attachment_33476" align="aligncenter" width="635"] Foto: Marcello Casal Jr…
    leia mais
  • Agência Brasil (CNA/Wenderson Araujo/Trilux)
    Inesc discute proposta de regulamento euro...
    A União Europeia colocou em discussão uma proposta…
    leia mais
  • “Balanço do Orçamento 2019-2021 revela des...
    O ano de 2021 consolidou o processo de…
    leia mais
  • A conta do desmonte – Balanço do Orç...
    O ano de 2021 consolidou o processo de…
    leia mais
  • Em nota, organizações denunciam Congresso ...
    A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Democracia…
    leia mais